esquenta o coração refeito
e espero poder te tocar
o que havia entre nós dois foi
tiroteio e espinho-canção
eu cederia aos teus pecados
se acaso quisesse chorar
e escreveria os mesmos passos
só me salvo com a arma na mão

pesa mais que um hemisfério
é usar o teu vestido
te trazer pra perto

bordar as tuas iniciais
no cais dos meus braços

liberdade pra quem queria
só tuas grades e tua avenida
a falta é irresponsável.

se for pra te incendiar
eu derramo essa chuva
divido o rio que eu tiver
esqueço a cidade que queimar depois

você fingindo ser doloroso
e eu lembrando do céu
do mesmo abismo que vim, voltarei
baculejado de dor e de tempestade.