você bateu na minha cara
você pôs fogo na minha mala
eu fui embora, eu fui embora...

desmentindo a despedida, eu voltei
pra dizer que não sou o mesmo
que eu ouvi as tuas ondas no meu sono
e esse mar não foi mais que a nossa cama

sem voce, amanheceu

desmentindo a despedida, quero ir
onde ninguém jamais foi em ti
quando lhe faltar razão
que enfim fale o coração

amanheceu
as mãos que nos tocaram antes de nós
elas nada sabiam, amada
elas nada sabiam, nada

desmentindo a despedida, pressenti
que algo havia mudado em ti
os teus seios destinados a mim
e eu não soube o que fazer

anoiteceu
pois esse beijo sem seu coração
é uma pedra na água, amada
é uma pedra na água, é nada

e eu fui…
( ia escrever mas estou aqui)
e eu vou fui te ver
(mesmo com outro rosto,
ali era você)

desmentindo a despedida