Em                                                 

só me vem quando não há certeza

Dm          

me desconjuros pra apagar a beleza

D#                                                               D7

da incerditumbre das mesmas mãos que as suas

 

Em

e me atinge da melhor maneira

Dm

como cânhamo ou cachaça certeira

D#                              D7

pra antecipar a quarta-feira

 

             D#

eu vou sair,

D                     D#  D

talvez te encontrar

                   D#               D   D#   D

são cinco e meia da manhã
e cadê?

 

Em         

você sorri movendo quase nada

Dm

e antecipa a velha longa estrada

D#                                                      D#

e os teus galhos vão me arborizando nu

 

Em                              

ainda teimo que eu não sou pra isso

Dm

seus olhos gostam de correr o risco

D#                           D7

e quero estar só, comigo

 

             D#   D

eu vou sair,

                       D#   D

talvez te encontrar

                    D#             D   D#  D

são cinco e meia da manhã 

             D#   D

eu vou sair,

                         D#   D

pra não te encontrar

                     D#                D  D#  D  D#

nem sei que horas da manhã.