outro dia um amigo veio me falar
que tinha conhecido um outro lugar
que era além da vida, que era além do céu
pra onde é que a gente vai daqui?
eu não sei, pensei
o que eu sei?  pensei

amigo,

que mais eu posso te dizer?
a luz que nasce em mim vem de você
das faces que eu beijei, das mãos que eu segurei
das coisas que eu não esquecerei.

quem te vê sorrindo?

quem te vê chorando?
quem me vê rasgando as noites


em casas desconhecidas
procurar teu retrato?

diferente
aos sonhos foi talvez real demais

e quem te vê sorrindo?

e quem te vê chorando?
quem me vê gastando os dentes
em passarelas e em bares
a procurar tua figura

tão imatura
a noite em que eu deixei você pra trás
pra onde é que a gente vai daqui?