eu resisti
tanto tempo sem poder saber se eu vivi
tanto tempo sem poder olhar o espelho
no 
fundo do rio

ei, o que é você?
já não te lembras
também não esqueces (né?)
talvez fosse mais fácil não saber
de nada

n-ã-o       s-a-b-e-r

n-ã-o       q-u-e-r-e-r

quando eu sinto a  noite,
quando eu pressinto o amanhecer
na luz dos teus ombros
e as vozes que vem me dizer
pra tudo eu recriar

acredita que eu ainda penso em voltar lá onde eu morri?
eu fui o Adeus e foste o Nunca Mais

n-ã-o       q-u-e-r-e-r

n-ã-o       s-e-r-

não.